Muffins de alfarroba e laranja

Para comemorar os 12 anos de diabetes, fiz uns muffins que adoro: Muffins de alfarroba e laranja! Deixo-vos a receita para se deliciarem =)

Rendimento: 9 muffins

a1.jpg.png

Ingredientes:

  • 100 ml de leite magro
  • 48 gr de stevia (eu utilizei 35, mas opte por usar 48gr)
  • sumo de meia laranja
  • 1 colher chá de fermento em pó
  • 45 gr farinha de alfarroba
  • 90 gr de farinha integral
  • 20 gr de farinha de arroz
  • 1 ovo

 

Preparação:

  1. Juntar as farinhas (integral, arroz e alfarroba) e o fermento.
  2. Juntar a stevia ao preparado anterior e mexer bem.
  3. Numa outra taça juntar o leite, o ovo e o sumo e juntar o preparado anterior.
  4. Acrescente os restante ingredientes e misture bem.
  5. Dividir por 9 formas (usei as de silicone, pelo que não foi necessário
  6. Colocar no forno pré-aquecido a 180ºC, durante 30 minutos.

a2.jpg.png

Composição Nutricional por 1 muffin:

  • Valor calórico: 75.7 calorias
  • Glícidos: 19.1  gramas
  • Proteína: 2.3 gramas
  • Gordura: 0.8 gramas
  • Fibra: 1.3 gramas

 

Contagem de equivalentes por 1 muffin:

  • Se 10g de glícidos por equivalente: 1.9 equivalentes
  • Se 12g de glícidos por equivalente: 1.6 equivalentes
  • Se 15g de glícidos por equivalente: 1.3 equivalentes

 

Partilhem os vossos resultados!! Bom apetite!

 

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias
A alimentação saudável é a base do nosso bem-estar e, consequentemente, da nossa felicidade

Anúncios

Rumo ao 6,…%

Hoje foi dia de Consulta de Diabetes no Centro de Saúde.
Foi bom quando olhei para a hemoglobina glicada (percentagem que representa a média de glicemia nos últimos 3-4 meses): o resultado foi de 6.4% que, para mim, é perfeito!
Ainda assim, tenho algumas hiperglicemias ao fim da tarde. Mas estão a reduzir a frequência e duração.
Isto é possível quando estás rodeado de pessoas especiais!
O Rumo aos 6,…% foi definido em Idanha-a-Nova, recordam-se amigos?

Está a resultar porque o apoio é muito: equipa de saúde fantástica, pessoas que te fazem acreditar em ti e que tu és capaz, pessoas que se não vais correr às 18h como disseste, te enviam uma mensagem de voz, muitas, muitas pessoas!

Além deste importante facto, o my precious, que me permite “ter consciência da minha diabetes”!

Um bem-haja a todos!

A Miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

2222.jpg

Get Together with Style

Nos passados dias 7 e 8 de abril, fui convidada a participar neste evento em que se juntaram pessoas com diabetes ou cuidadores de pessoas com diabetes. Neste dia e meio juntámo-nos por uma causa: a Diabetes. Foi um enorme gosto estar presente neste evento, em que se juntaram pessoas que muito admiro: Cristina, Joana, Sérgio Louro, Fernando, Sérgio Moreira, Carlos, Sofia, Carina, Inês, Joana, José e Sérgio da Silva.

juntos2

O programa do evento foi muito interessante: desde as palestras sobre tendências digital, a workshops de fotografia e nutrição, à compreensão da situação da comparticipação do FreeStyle Libre, entre outros temas.

Relativamente à comparticipação do FreeStyle Libre, foi-nos indicado que o processo está a ser analisado pelo INFARMED, e que teremos que aguardar. O facto de o FreeStyle Libre ser um dispositivo inovador que consiste na avaliação da glicose no líquido intersticial, faz com que o este processo seja mais moroso que o habitual.
No que se refere à utilização do FreeStyle Libre, os estudos indicaram que:

  • a hemoglobina glicada estimada diminui de 8% para 6.7% e que o número de leituras do sensor aumenta,
  • que os utilizadores têm menor tempo de hipoglicemia,
  • aumenta em 40% o tempo em que a pessoa tem a glicose no intervalo-alvo (70-180mg/dl).

juntos

O Get Together with Style, foi também um momento para conhecer pessoas que tanto admiro e que não conhecia. Mas também foi uma oportunidade de estar com outros amigos que já conhecia, a diabetes é uma característica que nos UNE. E quando se juntam pessoas com esta característica, sabemos que estes foram 1,5 dias de muita diversão, risadas, cálculos de glícidos, partilhas de experiências e dificuldades, aquisição de conhecimentos e MUITA APRENDIZAGEM.

Só mesmo estas pessoas para me fazerem rir MUITO e me desafiarem a ir correr Às 6h55m depois de ter dormido 3h! 6km em 49 minutos comigo a contestar porque para regressar ao hotel, o percurso era a subir! Mas também me serviu de aprendizagem, conseguimos fazer mais do que achamos possível e com estes indivíduos consegue-se tudo.
Tenho que confessar que à medida que vou conhecendo mais pessoas tenho certeza que cada uma delas faz parte da “minha narrativa” de uma forma mais ou menos ativa, num período maior ou menor, todos fazem parte do MEU EU. Obrigada por isso!

juntos3Quero deixar o meu agradecimento ao Abbott Diabetes Care e aos profissionais que tornaram estes 1,5 dias tão intensos, interessantes e proveitosos.

O meu Bem-haja!

A Miss “Eu tenho Diabetes”, Vera Ruivo Dias

12 anos de diabetes

Hoje faz 12 anos que tive o meu diagnóstico de diabetes. Como qualquer outra pessoa com uma situação marcante, penso que conseguiria identificar todos os minutos deste dia.

Foi um dia que alterou significativamente a minha vida e a da minha família. O dia em que a rapariga com pavor a agulhas, passou a tê-las como melhores amigas. São dias que nos marcam e claro todos nós, todas as pessoas com diabetes, temos o “nosso dia”.

 12 pontos da “minha diabetes”:

  1. Responsabilidade – tornei-me uma pessoa mais responsável e madura. A gestão da doença exige-nos isto.
  2. Conhecimento – aprendemos muitas coisas, medicação, reação do organismo a diversas situações, alimentação, atividade física, rótulos nutricionais.
  3. Hábitos saudáveis – tornamo-nos mais saudáveis pela gestão que a doença nos exige!
  4. Tecnologia – somos aliados da tecnologia. Felizmente que a evolução tem sido extremamente benéfica na melhoria da nossa gestão da diabetes e da nossa vida.
  5. Balança – somos grandes aliados de balanças, de cozinha e não só! O equilíbrio é um dos nossos objetivos!
  6. Moderação – tentas mais moderado em comportamentos, stress, alimentação, … Tentas compreender, antever e modificar comportamentos de acordo com o impacto que têm na tua gestão.
  7. Prioridades – minimizas problemas e alteras as tuas prioridades!! Redefines-te!
  8. Números – a tua vida passa a ser marcada por números, HbA1c, glicemias, corpos cetónicos, fatores de sensibilidade à insulina, quantidade de glícidos, equivalentes, … Passas a ser a pessoa que está para comer e pensa… “Ahh tenho que colocar insulina! Que esforço físico vou fazer posteriormente? O que tenciono comer? …”. Como costumo dizer: “Olhas para a comida e VÊS números.” 😀
  9. Curvas de glicemia – compreendes a reação do teu organismo a diferentes situações. Tens como objetivo tornar-las o mais “orgânicas” possível.
  10. Medos – à semelhança de qualquer pessoa temos MUITOS, MUITOS RECEIOS…
  11. Dias negros –  todos temos dias maus, dias em que nos sentimos frustrados e que nos apetece largar tudo! Dias em que não sentes que o teu esforço seja retribuído. Dias em que te apetece chorar… Dias menos bons…
  12. Amigos, amigos e amigos – a diabetes faz-nos conversar, procurar outras pessoas, aprender muito, muito com elas. Ganhamos muitos amigos que não conheceríamos se não fosse a nossa característica em comum. A minha família e todos os meus amigos são extremamente importantes nesta minha história.💙

 

Esta é a MINHA perspectiva. Somos todos diferentes e não existem verdades absolutas. Estas são apenas, algumas das minhas verdades.

Quem seria eu se não tivesse Diabetes? Não faço ideia, mas seria “outra pessoa” completamente diferente.

Ter diabetes não é seres coitado é seres um lutador diário! Admiro muito, muito todas as pessoas com diabetes, assim como pessoas com outras patologias. Admiro muitos todos os cuidadores de pessoas com diabetes!

Sou assim, porque tenho diabetes!

 

A Miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

Mais e mais amêndoas

Faltavam-me ainda alguns tipos usuais de amêndoas com açúcar, e porque acho que a informação nunca é demais.
Para ficar mais completa aqui estão as suas quantidades por equivalente e o respectivo valor energético.

tabela amêndoas com açúcar2

Contagem equivalentes a 10g de glicídos

10g b

Contagem equivalentes a 12g de glicídos
12g b


Contagem equivalentes a 15g de glicídos

15g b

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

Amêndoas sem açúcar, quanto valem?

Tempo de Páscoa é tempo de amêndoas. É importante realizarmos bem os cálculos dos hidratos de carbono ingeridos. Neste artigo apresento os equivalentes de glícidos de alguns tipos de amêndoas sem açúcar.

Não consegui encontrar embalagens apenas com amêndoas com cobertura de chocolate negro, só encontrei um sortido com avelãs e amêndoas com cobertura de chocolate de leite e amêndoas com chocolate negro sem açúcar. Mas utilizei os que encontrei!

tabela amêndoas sem açúcar.png

De notar que cada equivalente tem uma quantidade significativa de unidades e calorias, neste sentido, tente consumir uma quantidade menor, por exemplo, meio equivalente.

 

Contagem de equivalentes a 10g de glícidos

10g sem.png

Contagem de equivalentes a 12g de glícidos

12g sem.png

Contagem de equivalentes a 15g de glícidos

15g sem

Comam amêndoas de uma forma moderada e aguardem pela ação da insulina.

Boa Páscoa!

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

“Dar conta” das amêndoas

Uma vez que estamos na Páscoa, e que acontece sempre provarmos uma amêndoa, achei pertinente arranjar um apoio para determinar a quantidade de glícidos de alguns tipos de amêndoas para facilitar a contagem de equivalentes de hidratos de carbono ou glícidos.

Neste artigo, os tipos de amêndoas que utilizei são com açúcar.

tabela amêndoas açúcar

Contagem de equivalentes a 10g de glícidos

amêndoas 10.png

Contagem de equivalentes a 12g de glícidos

amêndoas 12

Contagem de equivalentes a 15g de glícidos

amêndoas 15.png

Uma boa Páscoa!

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

Pessoas especiais – Parte 3

A Diabetes une muitas pessoas que são completamente diferentes, mas quando compreendemos que temos diabetes, há conversa para várias horas! Isto é completamente verdade, concordo com a Cristina Mota!
Tive a excelente oportunidade de estar com pessoas com DM ou pais de crianças com DM que muito admiro!!!! #togetherwithStyle
Atividade promovida pelo Abbott Diabetes Care Portugal, onde aprendemos muitas coisas e partilhamos e conversamos muito sobre o que nos une: A DIABETES!
Infelizmente, fomos apenas algumas pessoas com diabetes, mas considero que fomos (nós pessoas com diabetes) bem representados! Farei um artigo onde indicarei mais informação do que foi dito, embora alguns de nós já tenhamos partilhado várias informações.
São pessoas incríveis que, dia após dia, são exemplo para mim!
Muito obrigada Cristina Mota, de “Eu tenho diabetes t1”, https://www.facebook.com/Eusoudiabetica/?hc_ref=PAGES_TIMELINE , pelo excelente vídeo realizado! Disponível em https://www.facebook.com/deVERAsnutritivo/
Obrigada a todas as pessoas com DM/pais de DM que me fazem ter força todos os dias! Somos TODOS muito especiais!
A Miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

Pessoas Especiais! – Parte 2

No passado fim-de-semana foi momento de ir ao Porto, trabalhar, aprender mas também divertir muito! =)

Dia 1: Ordem dos Nutricionistas e grande amiga!

Para começar… tempo de Conselho Geral da Ordem dos Nutricionistas. Depois de tomada a responsabilidade, foi momento de visitar a minha querida Ema!
Ema, é incrível o que me ensinas! Agradeço-te o bem que fazes as várias pessoas com diabetes, através dos teus valiosos conhecimentos! Dominas a gestão da diabetes de uma forma fantástica! Muito obrigada em nome de todas as pessoas com diabetes que ajudas, muito muito obrigada em meu nome! MESMO!
Obrigada pelo exemplo, força, boas palavras, ajuda preciosa, pelas estratégias e conhecimentos que dás! Agradeço-te querida Ema!
porto4
Dia 2: Reencontro das princesas!

Coração fica ainda mais “preenchidinho” quando reencontras pessoas que tanto admiras e de quem tanto gostas: Catarina, Gabi, Luce, Tatiana, Telma e Juliana.
Agradeço-vos as risadas, carinho, e tudo, tudinho! Nem sei bem como descrever a euforia  e felicidade que vocês me provocam =)

porto6.png

Dia 3:  Congresso e jantar

Decorreu o Congresso Anual da Associação Portuguesa de Nutrição Entérica e Parentérica. Um Congresso onde existe tanta partilha de informação muito interessante, sendo que o maior problema é escolher a que mesa a que se vai assitir. Além disso, é sempre uma oportunidade de rever amigos e colegas! Existiram temáticas muito interessantes, nomeadamente, a publicidade alimentar, exercício físico e a Diabetes.

O jantar foi dedicado a companheiros de “guerra”, reencontro de amigos da vida de Diab(r)ete! Foi também dia mas de conhecer outra pessoa que me inspira e que é um exemplo para mim, a Isabel! A Isabel tem diabetes há mais anos que o tempo que tenho de vida. É uma senhora extraordinária!
Foi também a minha primeira ida ao Porto de Leixões =) Até peixinhos na calçada encontrei! O que não vi, foi mesmo os aviões =) www.youtube.com/watch?v=iM3ymLH3VAo
porto1

O que dizer sobre o nosso jantar? Foi extraordinário!
As nossas partilhas são sempre enriquecedoras, e acompanahdas de muitas gargalhadas! Como uma vez me disseram, nós falamos de dificuldades com um sorriso na cara=)
Para terminar a noite houve direito a um gelado delicioso, obrigada pelo conselho Marlene e Sérgio!
Obrigado Sérgio, Marlene, Isabel, Paulina, Tatiana e Cristina pela noite fantástica  proporcionada!

porto2

Dia 4:  Conhecer outra pessoa especial

Terça-feira foi o dia de conhecer a Sofia, mais uma pessoa com diabetes muito especial! Tivemos oportunidade de assistir à sessão da Prof.ª Dr.ª Catarina Limbert, Endocrinologista Pediátrica, que foi sobre a “Alimentação na diabetes pediátrica: serão necessárias “dietas”?”. A Dr.ª Catarina salientou a importância do nutricionista na vida das pessoas com diabetes, na medida em que este profissional fornece estratégias aos indivíduos e suas famílias, tornando a vida do doente “o mais normal possível”.porto3

Além de tudo isto, comi muitas coisas que não tenho hábito de ingerir, e com uns ajustes na insulina basal, os meus valores melhoraram significativamente!
Agradeço-vos muito a todos!

Após um fim-de-semana em que fiquei com o coração CHEIO e Maior que anteriormente!
É tão bom estar com pessoas especiais!
Um Bem-hajam, a todos!

A miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

Sonhando com diabetes…

Sabemos que o stress influencia significativamente a diabetes mas, eu nunca tinha pensado acerca disto, nem sei se existe algum tipo de associação.
Esta noite tive o subconsciente “muito atarefado”. Não sabendo se existe interferência, a verdade é que existiram algumas oscilações enquanto dormia, que não são habituais!
Tenho que observar as variações durante as noites em que sonho para tentar compreender se existe alguma associação.

Alguém com “observações” do efeito dos sonhos nas glicemias?
A verdade é que anteriormente, a maioria de nós, não tinha como percepcionar estas situações, mas com o Libre, é possível. Partilhem a vossa opinião por favor =)

 

sonho

A miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias