International Diabetes Exchange Programme

Está a decorrer em Portugal um encontro entre pessoas com diabetes entre Itália (Federação Italiana de Diabetes) e Portugal (APDP).

O programa teve início ontem (27 de setembro) e irá decorrer até ao próximo dia 3 de outubro.

As “delegações” estão alojadas no Centro de Estágios do Jamor.A delegação italiana é composta por 14 pessoas, 3 da equipa técnica e os restantes são jovens com diabetes.

A delegação portuguesa é composta por diversos elementos, sendo que irei participar em todo o programa.

Está a ser uma experiência muito interessante e de grande aprendizagem. Partilho convosco alguns registos fotográficos.

Posteriormente irei fazer um post mais completo 😊

Anúncios

Preparação de viagem: tarefa bem sucedida

Após o post de ontem lembrei-me de mostrar o resultado da lista de materiais para a diabetes. Verifiquei que me tinha esquecido de algumas coisas:

  • agulhas das canetas de insulina,
  • medicação oral
  • açúcar (que habitualmente levo na mala).

Phototastic-26_09_2016_02d8b29e-b51c-490e-aa10-1b5ae93b29a6[1].jpg

“Empacotamento” com sucesso! =)
Agora só falta conseguir que na mala caiba o material da diabetes e o material habitual de uma mala de viagem…

Aproveito para disponibilizar a minha lista para que cada um possa editar para a “sua diabetes” =)
lista-para-viagem

Espero que seja útil!

Breve breve dou notícias da minha viagem!
Boas viagens e boas glicemias!

A Miss “Eu sou Diabética”, Vera Ruivo Dias

 

 

Viajando com a diabetes

Este post resulta de um hábito que tenho sempre que me preparo para uma viagem: fazer uma lista com os materiais da diabetes a não esquecer.

Se para uma pessoa saudável a tarefa de fazer uma mala para viajar pode ser stressante, pelo risco de sair de casa e se esquecer da escova de cabelo ou da t-shirt XPTO; para uma pessoa com diabetes o esquecer de algo como o reservatório de insulina é um pouco mais stressante.
Num fim-de-semana que fui a casa de uma amiga, aconteceu-me me esquecer do reservatório de insulina da bomba… Posso dizer que foi para mim e para a minha amiga, uma situação muito complexa, e foi das 3-4 situações na minha vida de pessoa com diabetes que pensei em recorrer às urgências.

Uma vez que o processo de fazer a mala me leva sempre a fazer lista, lembrei-me de fazer uma  com as minhas coisas indispensáveis a uma viagem, como mostra a imagem seguinte.

Lista para viagem.jpg

Penso que esta será uma boa estratégia para evitar situações como a que referi anteriormente.

Não menos importante, levar na “bagagem de mão”: açúcar, água, alguma comida e cartão identificativo.

 

Boas viagens e boas glicémias!
Até breve!

Miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

20160 minutos depois…

Após exatamente 14 dias ou 336 horas ou 20160 minutos depois, o meu querido sensor terminou 😦

Phototastic-22_09_2016_ec6f9be6-aa8b-4d8d-85f9-0f3187667419[1].jpg
Balanço?

  • 20160 dados de glicose, ou 20160 minutos sem fazer uma glicemia, ou 20160 minutos sem picar do dedo!
  • Sem qualquer reação ao sensor, ao adesivo do sensor ou sem qualquer marca na pele!
  • Sensor protegido com penso durante 10 dos 14 dias de utilização.
  • Num dos dias em que tirei o penso, 5º dia o sensor, descolou ligeiramente num dos lados do sensor, coloquei logo penso por cima. O adesivo do sensor recolou totalmente. No Facebook do Deveras Nutritivo está um vídeo onde se percebe que o sensor está muito bem colado ao 14.º dia.
  • Pela primeira vez tive uma ligeira reação da pele ao penso, ao 4.º dia consecutivo com o mesmo penso. Talvez tenha mesmo que trocar o penso que uso de 3-3 dias.
  • Mantenho a minha preferência pelos pensos Hydrofilm  Plus 9cm x 10 cm.
  • Confiança nos valores!
  • Glicemias realizadas desde a colocação do sensor?
                               nenhuma glicemia realizada durante 14 dias!
    Atendendo a que o FreeStyle Libre (leitura através do líquido intersticial) dá valores inferiores à glicemia capilar, total confiança, pois quando o Libre indica hipoglicemia permite-nos atuar com antecedência prevendo o agravamento da situação. No 3.º Sensor realizei 3 glicemias, a com maior diferença entre glicemia vs glicose no líquido intersticial era de 21 mg/dl.

 

                         Agora?

Só me resta esperar pela entrega da minha encomenda =)
Coragem! Vamos matar saudades da glicemias…

O dia em que o Libre “saiu à rua”!

16.09.2016:  o dia tão desejado em que o FreeStyle Libre saiu à rua. O  dia em que te sentes literalmente Libre! ! O dia por que tanto ansiava: a primeira encomenda d’ my little butterfly.

Quantos mais dados, melhor a descrição, maior a possibilidade de agir com consciência e melhores resultados!

1.ª encomenda: check! 3 sensores (3 x 59.90€) .
Informações, custos e encomendas do FreeStyle Libre in http://www.freestylelibre.pt

É um investimento monetário significativo, mas é um investimento na minha saúde!
Por isso vou tentar mantê-lo. Se ainda não assinou a Petição Pública para a comparticipação do produto, poderá fazê-lo em: http://peticaopublica.com/psign.aspx?pi=diabetes-libre

O Libre foi apresentado em Portugal no passado dia 8. Pode ver uma das reportagens realizadas em  http://sicnoticias.sapo.pt/programas/futurohoje/2016-09-13-Controlar-a-diabetes-sem-picadas (Futuro Hoje: Controlar a Diabetes)

1

Tive a possibilidade de participar na reportagem, foi uma experiência interessante e engraçada. Interessante por ser essencialmente fundamentada no que “a peessoa com diabetes sente, na primeira pessoa” e por ser da autoria do Lourenço Medeiros (admiro o seu trabalho há bastante tempo). Engraçada porque o feedback dos amigos, conhecidos, dos meus babes a dizer “véhaaaa” à frente da tv!
Obrigada ao Abbott pela oportunidade, obrigada Sr. Lourenço Medeiros!

No mesmo dia em que n’ A Comarca da Sertã:noticia-comarca

 Agora é possível compreender a variabilidade glicemica, as causas e, consequentemente, melhorar o controlo metabólico!

libre

A Miss “Eu sou diabética”, Vera Ruivo Dias

O dia de hoje… (MY PRECIOUS)

Dia de hoje: o dia em que vais trabalhar com os teus pequeninos ao Jardim-de-Infância e a M., muito séria, a olhar para ti diz-te:
“Vera, eu vi-te na ‘tevisão’!” e tu ficas encantada!😍 (uma princesinha com 4 anitos reconhecer-te, num local tão inesperado!)

Dia de hoje: o dia da ânsia de amanhã em que o FreeStyle Libre será finalmente LANÇADO EM PORTUGAL! 😁

Dia de hoje: O dia anterior ao dia pelo que anseias há 1 ano e 9 meses… O dia que te vai fazer feliz e melhorar significativamente o teu CONTROLO METABÓLICO e a tua QUALIDADE DE VIDA! O dia antes da mudança! O dia! Amanhã 16 de setembro de 2016!
Dia extremamente importante para as pessoas com diabetes😁 

O dia que me permitirá ser sempre acompanhada pelo meu FreeStyle Libre “MY PRECIOUS“…

 

 

 

Comparticipação FreeStyle Libre – Petição pública

Hoje foi iniciada uma petição pública para a comparticipação dos sensores do FreeStyle Libre: http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=diabetes-libre

 

O dispositivo FreeStyle Libre é um aparelho inovador e que possibilita às pessoas com diabetes a percepção constante da variabilidade da glicemia, assim como do impacto que vários fatores, como sejam, a ingestão de determinados alimentos, a prática de atividade física, o stress, entre outros.

O FreeStyle Libre permite à pessoa com diabetes observar a variação da glicemia, e atuar atempadamente para a prevenção do agravamento quer de hipoglicemias ou hiperglicemias. Consequentemente, existe um maior controlo da diabetes, a curto e longo prazo. Caso queira saber a minha opinião sobre o uso do dispositivo leia o post https://deverasnutritivo.wordpress.com/2016/08/22/freestyle-libre-my-precious/ 

Por favor assine a petição por todas as pessoas com diabetes a quem este dispositivo pode melhorar a qualidade de vida e o controlo metabólico, com impacto no custo que a Diabetes tem para a sociedade.

Para saber mais informações sobre o FreeStyle Libre consulte o site oficial e faça a sua inscrição no site http://www.freestylelibre.pt .

 

Prevenção de hipoglicemia

A hipoglicemia é uma complicação aguda da diabetes. Esta complicação é causa a morte de 2-4% das pessoas com diabetes, sendo fundamental prevenir estes eventos.
Para precaver hipoglicemias é crucial que cada indivíduo conheça os sintomas e sinais do seu corpo, funcionando como um ALERTA, para prevenir o agravamento da situação e restaurar a euglicemia/normoglicemia.

Além dos sintomas identificados no post “Hipoglicemia” existem alguns sinais que ajudam na identificação da redução da glicemia:

  • Comportamento estranho
  • Falta de discernimento
  • Confusão
  • Problemas de memória a curto prazo
  • Discurso pouco claro
  • Andar pouco firme
  • Falta de coordenação
  • Lapsos de consciência
  • Convulsões.

Estes sinais são um “trunfo” para o doente e para quem convive com a pessoa com diabetes, permitindo prevenir a progressão para hipoglicemias severas.

A prevenção de episódios de hipoglicemias é feita através das ações:

  • Compreender a causa dos eventos de hipoglicemia,
  • Aumentar o número de determinações de glicemia,
  • Ajustar a insulina a situações específicas, como a atividade física, doença, stress, entre outras,
  • Evitar comportamentos que aumentam o risco, como o consumo de álcool, “saltar” refeições, …
  • Ter sempre consigo o medidor de glicemia e açúcar ou gel de glicose ou pastilhas de glicose
  • Ensinar as pessoas mais próximas, sobre o assunto, quais os sinais e/ou sintomas que tem mais frequentemente e agir corretamente em situações de hipoglicemia
  • Descrever e caracterizar as situações de hipoglicemia.

 

registo dos eventos de hipoglicemia é importante, quer para a pessoa que pode agir com atempadamente e corrigir algumas situações de risco, quer para a equipa multidisciplinar poder atuar e realizar modificações no tratamento.

Com este objetivo sugiro o uso de uma tabela semelhante à aqui apresentada para registar os eventos de hipoglicemia e a sua caracterização, como por exemplo a tabela seguinte.

hipoglicemia registo2

Não se esqueça que o conhecimento e caracterização destas situações são importantes para a sua diminuição da sua frequência.

Invista algum tempo na sua saúde! =)

Vera Ruivo Dias
A alimentação saudável é a base do nosso bem-estar e, consequentemente, da nossa felicidade