Quanto valem as leguminosas?

Eu adoro leguminosas e, sempre que possível integro-as no meu almoço e jantar, preferencialmente, como única fonte de hidratos de carbono.

No artigo anterior “O Poder das Leguminosas” pode ver os benefícios do consumo das leguminosas: https://deverasnutritivo.wordpress.com/2019/07/17/o-poder-das-leguminosas/

Mas afinal, quanto “valem” as leguminosas nutricionalmente?

Vou salientar o aporte de glícidos e fibra por cada 100g de alimento cozido:

  • Soja: 6,0g de glícidos e 5,6g de fibra
  • Tremoço: 7,9g de glícidos e 4,8g de fibra
  • Ervilha: 8,1g de glícidos e 7,3g de fibra
  • Feijão manteiga: 15,3g de glícidos e 7g de fibra
  • Feijão-branco: 16,0g de glícidos e 6,7g de fibra
  • Lentilhas: 16,7g de glícidos e 4,4g de fibra
  • Grão-de-bico: 18,2g de glícidos e 5,1g de fibra
  • Feijão-frade: 19,8g de glícidos e 4,7g de fibra

Aconselho que sempre que possível, considerem as leguminosas como fonte de glícidos na refeição principal.

A batata, um alimento tão utilizado na gastronomia portuguesa, tem por 100g de alimento 20,2g de glícidos e apenas 1,6g de fibra.

No caso de não gostar muito ou de ter algum factor que não permita ingerir a quantidade de leguminosas desejável, conselho que

reduza a quantidade de alimentos ricos em amidos…

que habitualmente usa como a batata, arroz e massa e integre alguma porção de leguminosas na refeição principal .

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

O poder das leguminosas

As leguminosas são, para mim, o “Às de Ouro” no controlo da diabetes!

As Leguminosas são os grãos que crescem em vagens: ervilhas, favas, lentilhas, feijão seco, grão-de-bico, tremoço e soja.

Embora na Roda dos Alimentos recomende o consumo de 1 a 2 porções destes grupo de alimentos, eu considero que estes alimentos são extraordinários enquanto fonte de glícidos.
Na Pirâmide da Dieta Mediterrânica é aconselhado o consumo de, no mínimo, 2 porções diárias de leguminosas.

Nutricionalmente as leguminosas são ricas em glícidos complexos, proteínas, fibra, vitaminas (como o ácido fólico e a tiamina) e alguns sais minerais (como o ferro, fósforo e o cálcio).

O teor de fibra das leguminosas contribuem para a saciedade e controlo da variabilidade glicemica pós-prandial. Além disso, este tipo de alimentos contribui para o bom funcionamento intestinal e diminuição dos níveis de colesterol sérico.

Na maioria das refeições principais opto, smpre que possível, por comer leguminosas pelo impacto tão positivo que tem na glicemia capilar. Além destes benefícios, as porções das leguminosas representam maior quantidade de alimento ingerido do que quando falamos em batata, arroz ou massa. Pelo que, acabamos por ingerir uma menor quantidade de hidratos de carbono.

O povo lusitano é inteligente!
Ora pense em pratos da Cozinha Tradicional Portuguesa que possuem leguminosas.! Existem vários, como por exemplo:

  • Favas guisadas com entrecosto,
  • Feijoada,
  • Rancho à Portugesa,
  • Cozido à Portuguesa.

No caso de fazermos algumas correções/adaptações a estes pratos podemos torná-los saudáveis! Desafie a sua imaginação =)

Sempre que possível, opte por ingerir leguminosas!

Em 2016 a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação determinou que esse seria o Ano Internacional das Leguminosas, precisamente pela riqueza nutricional e benefícios para a saúde deste grupo de alimentos.

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

KitKat sem açúcar adicionado

Várias notícias indicam que a Nestlé vai utilizar a polpa branca no interior do cacau para adoçar naturalmente os seus produtos.

A Nestlé anuncia que irá produzir, no outono, um KitKat com 70% de chocolate negro e com este método de adoçar. Esta é uma forma inovadora de adoçar os produtos =)
Neste sentido, teremos um produto mais interesante para quando precisamos satisfazer a gula =)

De acordo com o indicado eis as diferenças de quantidade de glícidos:

  • 1 barra de KitKat atual: 6,8g de glícidos
  • 1 barra de KitKat com 70% de chocolate negro: 4g de glícidos

Nos últimos anos a indústria alimentar tem sido pressionada para criar produtos nutricinalmente mais saudáveis.

A Nestlé já reduziu entre 2014-2016 10% da quantidade de açúcar em alguns dos produtos da marca. A empresa tem como objetivo reduzir 5% do teor de açúcares até ai ano 2020 =)

Que se sigam mais iniciativas desta área!

Obrigada =)
Vamos aguardar, muito expectantes pelos resultados =)

Referências:
www.dinheirovivo.pt/empresas/nestle-cria-novo-chocolate-kit-kat-sem-acucar-adicionado/
https://saboreiaavida.nestle.pt/produtos

Experiência na “Color run”

Adoraria fazer aqui um brilharete na partilha da experiência…

Mas, infelizmente, não é o caso!

Dia da minha 1.ª Color Run, perguntei o tempo que poderia demorar, falou-se em 2 horas.

Antes de me lançar à aventura, proteger todo o material:

O sensor e o Miao Miao (antes que existisse alguma chatice, protegi com adesivo e com suporte =) )
Antes de ir, o valor estava nos 80mg/dl… comi.
Entretanto parei a bomba. Pensava eu que ia correr =)
Mas os participantes optaram por caminhar e conviver, juntei-me ao grupo e deixem-me dizer que adorei! =)
Começámos às 16h20m, terminámos às 18h40m.

Às 18h o valor começou a subirrrr… 157 mg/dl…166 mg/dl…178 mg/dl.
Ainda ponderei conectar a bomba, mas possibilidade de ser alvo de água de um balão ou de itra proveniência assustou-me. E não o fiz.

Depois de fazer o escorrega de água no Jardim do Parque Novo para terminar em beleza, decidimos ir comer um Arménio =)
fiz insulina, menos que o necessário…

A glicemia subiuuuuuu tipo nave espacial … claro. NUnca menosprezar o poder de um Arménio do Santo Amaro!


Na Sertã, existe no Santo Amaro uma verdadeira delícia!
Os Arménios do Santo Amaro são os melhores pastéis de carne que já comi em toda a minha vida….
Se nunca provou, quando vier à Sertã não deixe de os provar no Restaurante Santo Amaro!

Volta e meia, lá como 1 Arménio. Menos vezes do que efetivamente gostaria, porque já sei que é uma laimento que, além de frito, é dificil estabilizar a glicemia no momento pós-pradial.
Talvez o melhor seja treinar, treinar, treinar para afinar a administração de insulina para este alimento =)

APRENDIZAGENS PARA A PRÓXIMA AVENTURA DE COLOR RUN:

  • Levar a bomba conectada com diminuição da insulina basal, afim de diminuir o risco de hipoglicemia
  • Comer o Arménio apenas quando tiver em euglicemia
  • Não facilitar na contagem de hidratos de carbono e levar a balança!

Para saber mais sobre o Restaurante Santo Amaro:
www.imagensdemarca.pt/artigo/dizem-que-esta-e-a-melhor-sopa-de-peixe-do-pais/
www.santosemarcal.pt/index.php/pt/santo-amaro

Os “meus meninos”, que durante o percurso pediram, com aquela “face de Gato das Botas”: Vera, mete canjinha na escola =)

A Miss “Eu tenho Diabetes”, Vera Ruivo Dias

Dados pós atualização do libre

No início desta semana, quando o meu sensor terminou o tempo de vida útil fiz atualização do Libre de acordo com as recomendações do Abbott.

Há uns dias que acordo com os valores elevados. Hoje achei que devia verificar com a glicemia capilar. Como fi o resultado?

Perfeito: 202 mg/dl em ambas as avaliações =)

Agora há que agir e alterar as basais de modo a inverter este incremento que se tem registado.

A diabetes exige-nos dedicação e ajustes constantes.

É como a expressão portuguesa: Dançamos de acordo com a música!

(Artigo da Atualização do FreesStyle Libre)

Campo de Férias da Associação Diab(r)etes

Decorreu nos dias 8, 9 e 10 de junho o 1.º Campo de Férias para pessoas com diabetes mellitus tipo 1 adultas em Portugal.

Este Campo de Férias aconteceu graças aos apoios: Abbott, Ação 360º, Go On Living, MedTrust-Wellion, Roche e da Sociedade Portuguesa de Diabetologia.

O campo decorreu na Quinta da Omnia em Santarém.

No Campo estiveram presentes profissionais de saúde: Dra. Diana Oliveira, Dr. Bernardo de Almeida Marques, Enfermeira Ema Carvalho, Enfermeira Marlene e eu como nutricionista.

As atividades foram inúmeras e muito divertidas: equitação, workshop de ilusionismo, paintball, torneio entre equipas tiro ao alvo, atividades de competição, entre outras. Algumas pode ver nas imagens ao longo do artigo.

O convívio com a natureza e os animais, o Galileu, a Cleo, a Olívia, foi algo que nos permitiu desligarmo-nos do mundo e dos nossos dia-a-dia.

Relativamente às formação tivémos vários momentos:

  • Sessão de uso do mySugr: aprendemos a usar o mySugr com o Accu Chek Guide. Uma vez que o mySugr é uma das apps mais utilizadas em todo o mundo juntamente com o Accu Chek Guide, para a gestão da diabetes.
  • Workshop de receitas low carb com a @Alefitmom, que comidinhas deliciosas =) Aprendemos receitas e estratégias para usar nestas receitas.
  • Sessão e dicussão sobre gestão da diabetes na prática desportiva.
  • Sessão e discussão sobre a aceitação da patologia. Este foi um dos que considero dos melhores momentos do campo de férias. Partilhámos experiências preocupações e estratégis para ultrapassar dificuldades que sentimos.

A convivência com pessoas com diabetes é um dos momentos mais enriquecedores para nós. Existem dificuldades e estratégias que conseguimos partilhar e aprender com os pares.

Sei que todos nós viemos mais ricos desta experiência. Todos nós mudamos nestas atividades.

Viver com diabetes tem estes momentos bons! Estar com pessoas especiais que só conhecemos porque temos a patologia!

Obrigada à Sociedade Portuguesa de Diabetologia, e a todos os apoiantes que permitiram tornar este projeto uma realidade. =)
Obrigada a todos os participantes que tornaram estes dias fantásticos!

Se quiser saber mais sobre a Associação Diab(r)etes consulte:

Facebook: http://www.facebook.com/osdiabretes

Instagram: @associacaodiabretes

Obrigada caríssimo Presidente da Associação, Sérgio Louro e restante DIreção, por tornarem esta atividade um sucesso =)

A Miss “Eu tenho diabetes”, Vera Ruivo Dias

Cateter dobrado =(

No outro dia, fiz um dia com redução da ingestão de glicidos afim de avaliar a situação da basal.

A partir do jantar em que comi 5g de glícidos e o valor, que estava a 155mg/dl, subiuuuuuu….

Ok, fui corrigindo, ainda assim, o valor mal mexia.

Estraguei tudo quando ao fim da noite fui beber 2 cervejas com amigos. Evito ao máximo beber pelas hiperglicemias que me provocam, mas como nos arraiais das festas populares portuguesas só existe: vinho, cerveja ou água, e eu já tinha bebido 2 águas previamente.
Definitivamente, foi uma má escolha =)

Quando eu cheguei a casa, tinha fome, pelo que fui comer glícidos … e fui para a cama.

Quando acordei percebi que andei nos Alpes suiços!! =( os valores estiveram elevadíssimos!

Fui trocar o cateter. Avaliei corpos cetónicos, deu negativo, 0.1 mmol/L

Percebi que o devia ter feito antes… estava dobrado, justificando a descompensação que tive.

Bem tenho que coocar alarmes no xDrip a valores maiores que 250mg/dl. e tentar evitar que esta situação se repita.

Maravilhoso seria se a situação se tivesse normalizado, mas não.

Foi um dia absolutamente caótico!

Só às 17h os valores normalizaram! Que imensa luta! Mas temos que lhe dar a volta!

Vera Ruivo Dias

Salada simples

Hoje é dia de minimizar as necessidades de insulina, afim de perceber como está a insulina basal. Nesse sentido o almoço será low carb:

Ingredientes :

  • 30g de mistura de alface roxa, agrião e rúcula
  • 120g de tomate
  • 2g sementes e abóbora
  • 75g bife de peru grelhado

Valor nutricional:

  • 155.3 calorias
  • 4.9g glícidos
  • 23.4g proteína
  • 3.3g gordura

Contagem de equivalentes:

  • 10g de glícidos: 0.49 equivalentes
  • 12g de glícidos: 0.41 equivalentes
  • 15g de glícidos: 0.3 equivalentes

Bom apetite =)

A Nutricionista, Vera Ruivo Dias (0313N)

Diab(r)etes manifestam as necessidades das pessoas com diabetes

No passado dia 26 de junho a Associação Diab(r)etes foi ao Parlamento reunir com os grupos parlamentares que manifestaram disponibilidade afim de indicar algumas das preocupações das pessoas com diabetes, como:

  • Apoio na escola às crianças e adolescentes com diabetes;
  • Importância da promoção da prática da atividade física e de uma alimentação saudável;
  • Formação aos profissionais da área escolar, mas também, mais formação específica para profissionais da área de saúde,
  • Acesso a bombas perfusoras de insulina em qualquer faixa etária, desde que a pessoa seja elegível. Foi explicado alguns benefícios a curto e longo prazo do uso das mesmas. Referência à Iniciativa Legislativa de Cidadãos que está a decorrer. Discussão dos projetos de resolusão apresentados pelo Bloco de Esquerda e PCP.

SENSIBILIZAÇÃO, PREVENÇÃO, PROMOÇÃO, BOMBAS DE INSULINA, PÂNCREAS ARTIFICIAIS, MEDIDORES CONTÍNUOS DE GLICOSE

O tema da Associação Diab(r)etes é “Mais que um grupo… uma família!” e de facto, todos juntos é que conseguimos que sintam as nossas necessidades e as compreendam. Todos temos essa responsabilidade em manifestar as nossas necessidades

A Iniciativa Legislativa de Cidadãos já tem o apoio de várias entidades nacionais:

  • Sociedade Portuguesa de Diabetologia
  • Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
  • Sociedade Portguesa de Endocrinologia e Diabetologia Pediátrica
  • Federação Portuguesa das Associação de Pessoas com Diabetes
  • Associação Protetora de Diabéticos de Portugal

SITE DA INCIATIVA LEGISLATIVA: 
https://participacao.parlamento.pt/initiatives/604?fbclid=IwAR1VDL7N-F-Ich279wOxVq-GxIfsFD81EGXO1ejDhxiP94hyGKDxHwMbyFk

Porquê a Iniciativa Legislativa de Cidadãos:
https://www.facebook.com/osdiabretes/videos/340281016684424/

Poderá consultar na página da Associação Diab(r)etes o artigo mais pormenorizado sobre as reuniões em: https://www.diabretes.pt/sensibilizacao-prevencap-promocao-bombas-de-insulina-pancreas-artificiais-medidores-continuos-de-glicose/

dXLisbon 2019

Está a decorrer entre 21 e 23 de junho a edição anual do European Diabetes Exchange forum.

Baseia-se num encontro europeu que junta pessoas com diabetes da Europa.

Tem sido muito interessante conhecer pessoalmente pessoas que me têm ensinado imensas coisas ao longo da minha vida com diabetes.

#dXLisbon2019